segunda-feira, 30 de julho de 2012

Ferreira do Zêzere

Estivemos em uma cidade não visitada pelo viajante Saramago: Ferreira do Zêzere, a minutos de Tomar. 

Paulo Alcobia Neves, primo de minha esposa, nos guiou pela pequena vila, de cerca de 2 mil habitantes, bem próxima a Tomar, onde vive. Paulo conhece a vila como poucos; conta-nos cada detalhe de sua história e das pessoas que hoje dão nome às suas ruas. Está, no momento, dedicado à restauração desta capela, de Nossa Senhora da Penha de França:



Almoçamos com Paulo na Quinta dos Valadas, em companhia de seu proprietário, o comendador Sérgio Melo, sua família e seus amigos. Antes do almoço, Ana Isabel Melo nos levou a uma visita pela propriedade.



Para as crianças, foi uma surpresa ver os animais lá criados, de javalis a raposas, passando por avestruzes - que enlouquecem com relógios, câmeras fotográficas, celulares e qualquer coisa que lhes apareça pela frente.

E partimos, à tarde, para Tomar. 


2 comentários:

  1. Conhecer Ferreira de Zêzero me propiciou um reencontro com as origens de minha família, revisitando os lugares , antes habitados por meus antepassados. Primo Paulo nos conduziu, com maestria, por aquelas paragens, entretendo, inclusive, as crianças com as curiosidades locais e de nossos familiares. Lá nos descobrimos um pouco portugueses também.

    ResponderExcluir
  2. O comentário na verdade foi meu e , por inabilidade minha, saiu em nome do Fabio.

    ResponderExcluir