sábado, 1 de dezembro de 2012

Conto da semana, de Ambrose Bierce

No blog do escritor argentino Eduardo Berti descobri um livro chamado El libro de la Imaginación, de Edmundo Valadés. Trata-se de um pequeno volume onde o autor reúne uma série de pequenos (pequeníssimos) contos e relatos ou mesmo citações. Uma verdadeira joia.

O conto da semana está aí, e é do americano Ambrose Bierce (1842-1913?). O autor foi tenente da União durante a Guerra Civil. Desapareceu em 26 de dezembro de 1913 e nunca mais foi visto. Na época, viajava com as tropas rebeldes mexicanas, tendo se unido ao exército de Pancho Villa em Ciudad Juarez.


Talvez não tenha seguido a estratégia do conto Estratégia:

- Por que se deteve? - gritou durante a batalha o comandante de uma divisão, que havia ordenado o ataque. Avance, senhor.

- Meu general - respondeu o comandante surpreendido no ato - Tenho certeza que qualquer  nova demonstração de bravura pelas minhas tropas as colocará em contato com o inimigo. 

E outro - A Viúva Inconsolável:

Uma mulher enlutada chorava sobre um túmulo.

- Console-se, senhora - disse-lhe um simpático forasteiro - A misericórdia do céu é infinita. Haverá outro homem, em algum lugar, além de seu marido, que possa fazê-la feliz.

- Havia - soluçou a mulher - mas este é o seu túmulo


Um comentário:

  1. Me desculpem, mas nenhuma dessas narrativas me parece um conto. Assemelham-se mais a simples piadas.

    ResponderExcluir