sábado, 29 de dezembro de 2012

2012

Listas para quem lê listas.


Grandes descobertas - entre os contos, destaques para os brasileiros Fred di Giacomo e Vera Helena Rossi; entre os estrangeiros, David Dephy, Maritta Lintunen, David Rose, Pierre Mejlak, Miroslav Penkov, Kirill Kobrin e Dragan Radulovic.

Romances: o melhor na verdade não conta: Guerra e Paz, lido ao longo de três meses e uma hérnia. Entre os brasileiros, Ricardo Lísias - O Céu dos Suicidas, Tatiana Levy - A Chave da Casa e Michel Laub - Diário da queda (os dois últimos são anteriores a 2012). Entre os estrangeiros, destaques para Ramona Ausubel - No One is Here Except All of Us (este merce tradução) - Goce Smilevski - A Irmã de Freud (deve sair por aqui em 2013) - João Ricardo Pedro - O Teu Rosto será o Último - Julie Orringer - A Ponte Invisível e Ian McEwan - Serena.

Não-ficção: dois livros - A Virada, de Stephen Greenblatt, e O Chapéu de Vermeer, de Thimoty Brooks. E Viagem a Portugal, de Saramago, já bem antigo mas que li em julho.


Um comentário: