quarta-feira, 13 de abril de 2011

Finkler

Finkler faz parte da organização ASHamed Jews (algo como Judeus Envergonhados mas, como "ash" significa cinzas, confesso estar curioso para ver como será a tradução). Um grupo de judeus críticos das políticas israelenses e que, por essa razão, são tidos como antissionistas e antissemitas. Escreveu o sucesso "Existencialism in the Kitchen"...

Treslove, por sua vez, quer a todo custo "virar" judeu, e me lembra, nesse aspecto,Coleman Silk, professor de letras clássicas da Faculdade Athena. O personagem de "A Marca Humana", de Philip Roth, esconde sua verdadeira origem racial e "adota" a identidade judaica. Mas ver Anthony Hopkins neste papel no cinema - Revelações, de Robert Benton, fácil de achar na locadora - torna a história não muito verossímil...

3 comentários:

  1. Na verdade, os mais religiosos não aceitam o Estado de Israel, pois a terra só será dos judeus após a chegada do Messias e enquanto isso, tome porrada.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente. O Hopkins não foi a escolha ideal para o papel.

    ResponderExcluir
  3. Esse personagem (Coleman Silk) foi inspirado na vida real em Anatole Broyard. Um crítico literário cuja família veio da Luisiana...

    ResponderExcluir