segunda-feira, 18 de abril de 2011

Mar de Histórias



Mar de Histórias. Antologia do Conto Mundial. Coleção em 10 volumes. Nova Fronteira


Aurélio Buarque de Holanda e Paulo Rónai reuniram em dez volumes nada menos que 242 contos, escolhidos entre 195 autores de mais de 40 países, e foram responsáveis pela apresentação de vários deles ao leitor brasileiro. A 1ª edição do 1º volume é de 1945. Ao que me consta, desde 1998 encontra-se esgotada.

Em todos os contos, há um pequeno prefácio que não apenas apresenta o autor, como também indica o texto utilizado para a tradução. A partir daí, descobri autores como Saki, Akutagawa e L'Isle Adam, para citar alguns mais esquecidos.

Evidentemente, diante de uma coletânea deste porte, não se deve esperar grande regularidade; como toda antologia, pode ser avaliada tanto pelo que apresenta como pelo que exclui... mas o saldo é amplamente positivo.

 

De Saki, por exemplo, há dois contos no nono volume: A Porta Aberta, que em 1989 virou curta nacional (da época do Sarney - quem, com mais de 35 anos, não se lembra daqueles curtas que obrigatoriamente assistíamos antes dos longas? -  e, por incrível que pareça, vale a pena ser visto, dirigido por Aluísio Abranches e com Marieta Severo e José Wilker), e O Contador de Histórias, que hoje pode ser lida como uma crítica bem humorada ao politicamente correto. Aqui, duas crianças perdem a paciência com uma história, contada pela tia durante uma viagem de trem. Um passageiro, que dividia a cabine com as três e bastante aborrecido não apenas com a história da tia mas também com a algazarra das crianças, aposta com a mulher que conseguirá entretê-las por alguns minutos - e o faz, contando uma história nada edificante...



Um comentário:

  1. Talvez Tchekov seja o contista mais sintético e cotidiano dos retratados em antologias. A Dama e o Cachorrinho, obra prima em meia duzia de paginas em edição de bolso (LP&M editores) é um exemplo. Mas poucas vezes um filme consegue retratar um conto com a sensibilidade desta reliquia sovietica "The lady and the little dog" disponivel no You Tube. O elenco (desconhecido para nós) e a trilha sonora são inesquecíveis.

    ResponderExcluir