quinta-feira, 11 de abril de 2013

Fatos, Ficção e História

Este foi o título do seminário e o que discutiram, num encontro, Orhan Pamuk e Umberto Eco. Eles falaram sobre como se tornaram escritores e ainda ficaram gozando as manias do outro. 

Students queu tried to enter the saloon to attend the meeting. However, many had to stay outside and watched the panel from the screen. AA photo

Pamuk, como se sabe, queria ser um pintor quando criança. "No entanto, mais tarde, resolvi que eu queria viver uma vida solitária. Nunca quis uma vida na qual eu recebesse ou desse ordens. Queria viver a vida solitária de alguém que tivesse uma grande imaginação". E foi assim que Pamuk percebeu que não poderia ser um pintor. "Então eu me perguntei: por que não um romancista?"

E Eco: "Algumas pessoas assaltam bancos, outras são pedófilas, algumas escalam o Mont Blanc e eu escrevo romances. Não se pode discutir as escolhas pessoais".



Nenhum comentário:

Postar um comentário