quarta-feira, 29 de julho de 2015

De filmes e livros

No lugar do mundo literário nova-iorquino, que ele nunca lamentou deixar para trás, havia agora a sala de aula, que Roth sempre adorou. "É o único lugar onde eu podia falar a sério sobre livros", diz hoje, com certa nostalgia. "Em qualquer outro lugar, se você menciona um livro as pessoas começam a falar sobre filmes".

(em Roth Libertado, de Claudia Roth Pierpoint)

Um comentário:

  1. No Brasil, nas salas de aula, só "nossa luta é por melhores condições de ensino e por melhor salário. Se o salário aumentar, esquecemos o resto e marcamos nova luta para o proximo semestre. E

    ResponderExcluir