sábado, 26 de outubro de 2013

Conto da semana, de Zarko Kujundziski

O conto da semana está na BEF 2013 - na próxima semana será lançada a edição de 2014, desta vez editada pelo John Banville. When the Glasses are Lost. O autor é Zarko Kujundziski (1980), que narra um incidente num elevador, que fica parado por toda uma noite. Os trechos foram traduzidos "livremente" (se é que isso existe) por mim.

Era um verão escaldante quando, de repente, tudo parou. A pequena menina e seu pai empalideceram; talvez o pai estivesse ainda mais apavorado que a menina. Ela não era capaz de reconhecer o medo real, nem estava a par do perigo da situação (...)



Personagens sem nome, presos num elevador por muito tempo - passam a madrugada inteira nele, sem saber exatamente o que lhes irá acontecer.

Os outros passageiros começaram a mostrar que a temperatura, que deveria ser regulada pelo sistema de ventilação, estava aumentando em ondas, cada uma ainda mais insuportável que a última; eles tinham que fazer algo a respeito.

O conto aborda como uma situação de extremo impacto afeta as vidas das pessoas comuns.

O historiador, que antes acusava tudo pela inevitabilidade da história, questionou a decisão do pintor de manter em segredo, por tanto tempo, sua garrafa de água. E o velho concluiu que o pintor parecia estar plenamente preparado para este incidente. O soldado, a mulher de vermelho, o pai e a filha se recusaram a participar deste novo julgamento (...) 

Logo perceberam que estavam realmente se movendo, mas não conseguiam decidir se o elevador estava apenas se movendo para o próximo andar, onde eles inicialmente deveriam parar, ou se estavam indo para o topo do arranha-céus, ou talvez para cair num abismo eterno.

O autor é plenamente bem sucedido em criar toda a atmosfera de tensão. Só não vá lê-lo num elevador.


Nenhum comentário:

Postar um comentário