sábado, 9 de janeiro de 2016

Primo Levi

Portrait de l'ecrivain italien Primo Levi en 1980. ©Marcello Mencarini/Leemage/AFP ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***


Matéria publicada na Folha sobre Primo Levi, o grande escritor o Holocausto. A Biblioteca Nacional promoverá, nos dias 27 a 29 de janeiro, evento para celebrar a obra do italiano - no 71º aniversário da libertação de Auschwitz. É isto um homem? foi recusado por diversas editoras - que afirmavam que o tema não despertaria o menor interesse no público. 

O artigo também trata do mistério envolvendo sua morte, aparentemente suicídio. Há quem defenda a ideia de acidente. O fato é que ele foi encontrado morto após cair do terceiro andar do edifício em Turim onde viveu a maior parte da vida. Eternas discussões sobre seu estado de saúde, sua eventual depressão - que era anterior à guerra - e seus projetos para o futuro.

Mas o que não se pode negar é a importância de sua obra. Ninguém chegou perto de Levi na tradução em palavras da experiência dos campos, em livros profundamente autobiográficos. Ao lado da obra-prima É isto um homem? , A Trégua também é de leitura obrigatória para entendê-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário